Close

comportamento

Dr. Sued e as Máquinas – Daniel Vianna

received_907547992653019

“A liberdade não tem preço, a mera possibilidade de obtê-la já vale a pena.” -Isaac Asimov (Texto inspirado por ideias e pensamentos compartilhados com o amigo e irmão de caminhada Sérgio Lonrensatto) O bondoso Doutor Sued se sentia solitário naqueles dias remotos. Em sua oficina, nenhuma novidade: ferramentas espalhadas por todo lado, poeira acumulada nos cantos, […]

Ler Mais

O Checklist do Amor – Tatá Vianna

image1

  Querido leitor, olhe atentamente para a construção do texto abaixo: Quero um amor que chegue sem data e hora marcada, que não me prometa nada de cara. Quero um amor que seja mais que um caso por acaso. Quero um amor que me olhe quando estou distraída, que me telefone apenas para saber como […]

Ler Mais

Hoje Formigas, Amanhã Homens – Daniel Vianna

received_900926893315129

  (Sugestão de trilha sonora para a leitura: “There There” – Radiohead, Hail to the Thief) Link Spotify O que será que acontece quando a criança encara o primeiro fato, tal como ele é? Sem fantasias. Sem imaginação. Apenas a realidade. Pura e simples. Logo ao acordar, o menino olhou pela janela de seu quarto. […]

Ler Mais

Em quem botar a culpa? – Tatá Vianna

image31[1]

“Aquele que for capaz de perder uma corrida, sem culpar os outros pela sua derrota, tem grandes possibilidades de algum dia ser bem-sucedido.”                                                                                                                            (Napoleon Hill) A frase acima pode ser vista como um lembrete para a sociedade moderna: é bem comum buscarmos justificativas para um erro, frustração ou derrota fora de nós mesmos. Como se não […]

Ler Mais

A boa demora – Daniel Vianna

received_894488477303464

Já atrasado, coração batendo forte, aguardo no hall social o elevador que nunca chega. “Mas quem está segurando a porta do elevador a esta hora da manhã?” – penso, já levantando o braço e mirando o relógio, forçando o olhar, pronto para congelar o tempo. Frustrado, invisto contra a porta do meu moroso transporte vertical […]

Ler Mais

O salto – Daniel Vianna

received_878102492264236

“É preferível suportar os males que temos do que voar para aqueles que não conhecemos.” William Shakespeare Àquela altura, não haveria volta.  Retroceder era impossível. O estômago revirava, a saliva fugia e um caroço inesperado lhe travava a garganta. Daquele local privilegiado, tudo era perfeitamente visível. Todos os personagens da sua vida desfilavam diante de […]

Ler Mais

Você combate os “amigos” indesejáveis? – Tatá Vianna

você combate - foto destaque

“A mudança não é algo que devemos temer. Pelo contrário, é algo que devemos saudar. Pois, sem a mudança, nada neste mundo jamais iria crescer ou florir, e ninguém neste mundo jamais iria avançar para se tornar a pessoa que está destinada a ser”                       […]

Ler Mais

Nós, os super-heróis? – Daniel Vianna

posts blog7

Não temos capa nem batmóvel, mas sempre fazemos o bem à nossa maneira…será mesmo?! Não há como ignorar a enxurrada de filmes e séries de super-heróis que inundam atualmente tanto a “telona” como a “telinha”. Como interpretar esse fenômeno recente, que se mostrou uma escolha tão segura e lucrativa para os estúdios de cinema? Por que […]

Ler Mais

A tal “Personalidade Forte”! – Tatá Vianna

a tal persona - foto capa

“Uma vez tomada a decisão de não dar ouvidos, mesmo aos melhores contra-argumentos: sinal do caráter forte. Também uma ocasional vontade de ser estúpido”.                                                                                                                  (Friedrich Nietzsche) Essa semana estava na academia e ouvi uma mulher dizer em alto e bom som no telefone: “Quando eu digo não é não! E não me interessa o […]

Ler Mais

Dias de vidraça – Daniel Vianna

posts blog11

Quebrar janelas pode parecer fácil quando o que está em jogo são tomar decisões difíceis e romper velhos hábitos… Imagine você, leitor, estar diante de uma fábrica vazia, suja, abandonada. Máquinas paradas, armazéns vazios, cheio de ratos e baratas. Jogada ao acaso. O seu coração está desolado. Várias gerações da sua família trabalharam neste local. Mas […]

Ler Mais